Thiem surpreende campeão Ferrer e encara Pella na semifinal do Rio Open

20.Fev.2016

O jovem Dominic Thiem, um dos novos nomes do circuito mundial de tênis, derrotou o espanhol David Ferrer, nesta sexta-feira, e alcançou a semifinal do Rio Open apresentado pela Claro. Thiem eliminou o atual campeão do torneio por 2 sets a 0, com parciais de 6/3 e 6/2. Seu adversário na semifinal, neste sábado, não antes das 19h, na quadra Guga Kuerten, é o argentino Guido Pella. Na sequência, na outra semifinal, será a vez de o espanhol Rafael Nadal, campeão em 2014 e atual cabeça de chave número 1, enfrentar o uruguaio Pablo Cuevas.

Aos 22 anos, Thiem já soma quatro títulos na carreira, todos no saibro, e é o mais jovem jogador entre os top 20 - ocupa a 19ª colocação. Na semana passada, em sua caminhada para o título de Buenos Aires eliminou Nadal na semifinal.

O austríaco enfrentou o experiente Ferrer pela primeira vez na carreira e não deu chances para o sexto do mundo e dono de 26 títulos. Além de Ferrer e Nadal, Thiem tem em seu currículo uma vitória sobre o suíço Stan Wawrinka, número 4 do mundo e campeão de Roland Garros 2015.

"Thiem ganhou muito fácil de mim, foi superior o tempo todo, melhor saque, foi melhor em tudo. É um jogador jovem com muito futuro pela frente. Desde o primeiro ponto não joguei meu melhor tênis, agora é aceitar e seguir adiante. Já o conhecia, é um jogador muito bom e a verdade é que subirá ainda mais. Ele é o futuro do tênis e só posso dar parabéns pela vitória", disse Ferrer.

Thiem também fará seu primeiro confronto com Pella, adversário deste sábado. O argentino alcançou a semifinal com a vitória sobre o espanhol Daniel Gimeno-Traver por 5/7, 6/1 e 7/5. O canhoto Pella é o número 71 do mundo e foi o responsável por eliminar uma das estrelas da competição, o norte-americano John Isner, na primeira rodada.

Satisfeito pela vitória, Thiem está animado para a semifinal. "O jogo com Ferrer foi certamente um dos meus melhores. Estou incrivelmente feliz por continuar jogando bem como em Buenos Aires", disse o austríaco.

Nadal enfrenta uruguaio Cuevas para chegar à sua centésima final da carreira

Na outra semifinal, Nadal tem vantagem sobre Cuevas, que alcançou a semifinal com a vitória sobre o argentino Federico Delbonis por 6/4 e 7/6 (4). Foram duas partidas e duas vitórias - uma nas quartas de final do Rio Open 2015 e outra em Hamburgo, meses depois.

Nadal não precisou entrar em quadra para jogar as quartas de final. Seu adversário, o ucraniano Alexandr Dolgopolov , abandonou o torneio devido a uma lesão no ombro direito.É a terceira vez na temporada que Nadal alcança uma semifinal - foi vice-campeão em Doha e semifinalista em Buenos Aires. A final no Rio Open 2015 pode ser a centésima de Nadal na carreira, e a 56ª no saibro.

Aos 30 anos, Cuevas tem três títulos na carreira e ocupa a 45ª posição no ranking mundial. "Vai ser um jogo muito difícil. O enfrentei aqui no ano passado (perdeu de virada) e sei que tenho que jogar como joguei naquele primeiro set (venceu por 6/4). Não acho que ele tem vantagem por não jogar hoje, porque meu jogo não acabou tão tarde, e terei tempo de descansar. Estou confiante e pronto para enfrentá-lo", disse o uruguaio.

Compartilhe