Projetos sociais apoiados pelo Rio Open ganham prêmio da ATP

04.Jan.2017

O ano de 2017 mal começou e o Rio Open já recebeu uma excelente notícia. O torneio, através dos projetos sociais que apoia, foi um de quatro selecionados pelo ATP Aces for Charity, para receber apoio financeiro neste ano. O programa de incentivo a causas sociais da ATP (Association of Tennis Professionals) irá doar 15 mil dólares a serem divididos entre os quatro projetos sociais, apoiados pelo Rio Open: Tênis Para Todos (coordenador - Marcus Fonseca), Tênis na Lagoa (coordenador - Alexandre Borges), Tênis Solidário (coordenador - Artur Ricardo) e Escolinha de Tênis Fabiano de Paula (coordenador - Fabiano de Paula).

"É muito gratificante receber este reconhecimento e apoio da ATP, em tão pouco tempo de Rio Open. Acreditamos muito no potencial destes projetos. Não é à toa que eles estão com a gente desde 2014 e que a cada ano buscamos ampliar ainda mais esta parceria. Temos certeza de que este apoio irá ajudar bastante no desenvolvimento de cada um deles ," diz Luiz Carvalho, diretor do torneiro.

A ATP destaca a integração dos projetos sociais diretamente ao Rio Open, tanto com os grandes ídolos do tênis que disputam o maior torneio da América do Sul, quanto a realização de torneios para as crianças dos projetos, durante o ATP 500.

Em 2017, o programa ATP ACES for Charity completa sete anos e é uma iniciativa global voltada às comunidades onde são realizados os eventos da ATP World Tour. Além de reconhecer e apoiar iniciativas de caridade dos torneios, o programa também apoia projetos de atletas. Desde 2011, o programa entregou 76 concessões que totalizam mais de $ 940.000 em doações.

Sobre os projetos sociais apoiados pelo Rio Open:

Vídeo Projetos Sociais - Rio Open 2016 - 

https://we.tl/1IUd8YP5FW


Desde sua primeira edição, o Rio Open apoia importantes projetos sociais do Rio de Janeiro, que usam o esporte como ferramenta de desenvolvimento e inclusão social. Os projetos apoiados em 2016 foram o Tênis Solidário, Escolinha de Tênis Fabiano de Paula, o Tênis na Lagoa e o Tênis Para Todos. O objetivo da parceria do maior torneio de tênis da América do Sul com essas iniciativas é estimular crianças de diversas comunidades cariocas a praticar um dos esportes que mais vem evoluindo no país: o tênis.

Por meio da parceria com os projetos, o Rio Open já disponibiliza: 

- Bolas usadas durante o torneio para aproveitamento nos treinos das crianças

- Material para treinamento

- Ingressos para os alunos dos projetos assistirem a jogos do Rio Open

- Oportunidade para cerca de 75 crianças atuarem como "boleiros" do torneio/ano

- Clínicas de tênis para jovens com a presença de jogadores profissionais

-Em 2016, foi realizado um campeonato entre os projetos nas quadras do complexo.

Este ano, o Rio Open realizará o torneio Winners, com os integrantes dos projetos, também durante o evento. Os vencedores de cada categoria ganharão a chance de treinar por uma semana na IMG Academy, mais conceituada do mundo. É comandada por Nick Bollettieri, considerado um mago e que descobriu nomes como Andre Agassi e Maria Sharapova, por exemplo.

"Esta parceira é apenas o início de um plano de longo prazo. Todos os anos iremos buscar ampliar o programa social do Rio Open, mapeando novos projetos da cidade e do estado, para que outros projetos possam se beneficiar dessa oportunidade. Com essa iniciativa queremos incentivar crianças carentes a seguir praticando nosso esporte para que no futuro elas possam se tornar campeãs dentro e fora das quadras", explica o Diretor do Torneio, Luiz Procópio Carvalho.

O Rio Open, que acontece desde 2014, é um evento fixo no calendário da cidade e a expectativa é de que, a cada ano, novas melhorias sejam feitas para o desenvolvimento do esporte em comunidades carentes do Estado do Rio de Janeiro. 

Compartilhe