Ex-top 10 Tipsarevic recebe primeiro convite para chave principal

16.Jan.2017

O primeiro convite da edição de 2017 do Rio Open apresentado pela Claro é do sérvio Janko Tipsarevic. Ex-número 8 do mundo, campeão da Copa Davis e de quatro títulos ATP, o atleta de 32 anos está recuperado após superar três cirurgias nos últimos anos. Tipsarevic se junta ao line-up do maior torneio de tênis da América do Sul, que também conta com dois top 10, o japonês Kei Nishikori e austríaco Dominic Thiem, além dos campeões das últimas edições, o espanhol David Ferrer e o uruguaio Pablo Cuevas. O Rio Open acontece 20 a 26 de fevereiro, no Jockey Club Brasileiro, com promoção da IMM. Os ingressos estão à venda no www.tudus.com.br/rioopen

Grande amigo do compatriota Novak Djokovic, Tipsarevic teve muito sucesso no circuito após levantar a taça da Copa Davis em 2010. O sérvio disputou o ATP Finals, torneio que reúne os melhores da temporada, em em 2011 e 2012, e venceu quatro títulos ATP entre 2011 e 2013. Ele tem duas vitórias contra Djokovic, quando o compatriota ocupava a liderança do ranking, além de já ter vencido o atual número 1, Andy Murray, e nomes como David Ferrer, Marat Safin, Carlos Moyá, Lleyton Hewitt e Andy Roddick. 

"Vai ser uma experiência nova para mim. Eu nunca joguei toda a temporada de saibro na América do Sul, em toda a minha carreira. Mas, antes de mais nada tenho que agradecer muito o Luiz Carvalho, o Diretor do Rio Open, por me dar esse convite e a convencer os outros torneios a me ajudar também. Espero não decepcionar,"disse o sérvio, que já esteve no Brasil, há mais de uma década, jogando torneios da série Challenger. "Faz muito tempo, mas eu me lembro das pessoas serem super amigáveis e nos fazerem sentir em casa." 

Em 2014, Tipsarevic descobriu um tumor benigno no pé esquerdo e passou por duas cirurgias. Eleretornou às quadras em 2015, mas teve uma tendinite no tendão patelar do joelho direito e sofreu mais uma operação. Em 2016, venceu jogos no US Open e no Masters 1000 de Paris, além de ter alcançando a semifinal no ATP de Shenzen, na China. Já perto do top 100, depois de vencer dois Challengers em Bangkok nas últimas semanas , o sérvio conta com o Rio Open para voltar de vez à elite do tênis mundial. "Mesmo depois de tantas cirurgias, ainda tenho tênis para jogar e espero no ano que vem ser cabeça-de-chave no Australian Open," antecipou o sérvio, atual 104o. da ATP. 

"O Janko é um jogador muito divertido de assistir. É um guerreiro dentro de quadra e está provando o seu espírito de luta e amor pelo esporte nessa volta ao tenis depois de tantas cirurgias. Não tenho dúvida de que ele tem potencial e força de vontade pra voltar a figurar entre os 20 melhores ainda esse ano," disse do Diretor do Torneio, Luiz Procópio Carvalho. 

O Rio Open ainda tem três convites para a chave principal, sendo que um deles fica reservado caso um top 10 solicite. A lista de inscritos foi divulgada na semana passada, confirmando a participação de Nishikori, Thiem, Ferrer, Cuevas e dos brasileiros Thomaz Bellucci e Thiago Monteiro, entre outros nomes de destaque do circuito mundial.

Compartilhe