Bellucci estreia na terça contra Nishikori e espera apoio da torcida para surpreender

19.Fev.2017

Pela segunda vez, o brasileiro Thomaz Bellucci terá o desafio de encarar o favorito ao título em uma estreia no Rio Open. Em 2015 foi o espanhol Rafael Nadal. Dessa vez, o japonês Kei Nishikori, atual número 5 do mundo. Apesar do azar na hora do sorteio da chave, o brasileiro está otimista para a estreia, marcada para terça-feira à noite. "Não é a melhor primeira rodada para jogar. Nos últimos anos tive um pouco de azar nos sorteios, mas encaro como uma oportunidade. A disputa é no saibro, talvez o pior piso dele, onde conquistou menos resultados. Se fosse na quadra rápida, a vantagem dele seria maior. Estou jogando em casa, no piso que mais gosto, é uma oportunidade boa de eu surpreender. Nos últimos anos a torcida me apoiou bastante, mesmo enfrentando o Nadal. Esse apoio dá uma motivação a mais, confiança na hora de entrar na quadra ", disse o ex-número 21 do mundo.

 

Dono de quatro títulos na carreira, Bellucci tem como melhor resultado nesta temporada a semifinal do ATP 250 de Quito. Atual 75º do mundo, o brasileiro enfrentou Nishikori em 2015, em Roland Garros, quando foi derrotado por 3 sets a 0. "Eu vinha de Genebra, onde fui campeão, e tive pouco tempo para me adaptar. É um jogo difícil, ele tem uma esquerda muito boa, uns dos tenistas mais atléticos do circuito, corre muito. Tem um primeiro saque bem colocado. É um jogo em que vou ter que variar muito as jogadas, não deixar ele confortável".

Compartilhe