Campeão Pablo Cuevas é surpreendido na estreia por jogador vindo do qualifying

20.Fev.2017

O uruguaio Pablo Cuevas, campeão da última edição do Rio Open, foi surpreendido nesta segunda-feira pelo belga Arthur De Greef, e está fora do maior torneio de tênis da América do Sul. Vindo do qualifying, De Greef marcou 2 sets a 1, com parciais de 6/3, 3/6 e 7/5, pela primeira rodada, e conquistou sua primeira vitória em um ATP 500.

 

"Foi a maior vitória da minha carreira. Jogar o qualifying foi bom porque ajudou a me adaptar às condições daqui, e me deixou mais preparado. Acho que ele (Cuevas) estava nervoso por defender o título, e também vinha pressionado por ter perdido na estreia em Buenos Aires (na semana passada)", disse o jogador de 24 anos. Cuevas foi responsável por eliminar o espanhol Rafael Nadal no Rio Open 2016.

O próximo adversário do tenista belga será o argentino Nicolas Kicker, que eliminou o italiano Marco Cecchinato por 7/5 e 6/0. Ambos vieram do qualifying.

 

Em outra partida, o brasileiro Rogério Dutra Silva foi eliminado pelo jovem norueguês Casper Ruud por 6/3 e 6/4. Foi a primeira vez na carreira que Rogerinho jogou a chave principal de um torneio de ATP 500, e lamentou a derrota na estreia. "Não consegui entrar no jogo, procurei de várias maneiras um jeito de sair da situação em que me encontrava, mas não consegui. É frustrante sair daqui sem ter conseguido dar o meu melhor em quadra", disse o 88º colocado no ranking mundial e terceiro melhor brasileiro na lista.

 

Rudd, por sua vez, comemorou sua primeira vitória em um torneio nível ATP, a primeira de um tenista da Noruega desde 2004. "Foi muito bom conquistar essa vitória, o que trará ainda mais confiança para os meus próximos jogos", disse o jovem de 18 anos, ex-número um juvenil, que recebeu convite da organização para jogar a chave principal. Na temporada passada, Ruud subiu 900 posições no ranking.

 

O próximo adversário do norueguês será o espanhol Roberto Carballes Baena, que veio do qualifying, e surpreendeu o português João Sousa, cabeça de chave número 8, por 6/3 e 6/1.

 

Em outros jogos, o sérvio Dusan Lajovic venceu o argentino Facundo Bagnis por um duplo 6/4, e o argentino Diego Schwartzman eliminou o compatriota Renzo Olivo por 6/2, 3/6 e 6/4.

 

 

Italianos Fognini e Bolelli caem na estreia da chave de duplas

 

Os italianos Fabio Fognini e Simone Bolelli, campeões do Australian Open 2015, perderam na estreia da chave de duplas do Rio Open. Os responsáveis pela derrota foram o chileno Julio Peralta e o argentino Horacio Zeballos, que marcaram 4/6, 7/6 (2) e 10/8.

 

Na outra partida, o norte-americano Nicholas Monroe e neozelandês Artem Sitak venceram o argentino Guillermo Duran e o espanhol Alberto Ramos Vinolas por 7/6 (5) e 7/6 (5).

 

 

Resultados:

Casper Rudd (NOR) 2 x 0 Rogério Dutra Silva (BRA) - 6/3 e 6/4

Arthur De Greef (BEL) 2 x 1 Pablo Cuevas (URU) x - 6/3, 3/6 e 7/5

Dusan Lajovic (SER) 2 x 0 Facundo Bagnis (ARG) - 6/4 e 6/4

Diego Schwartzman (ARG) 2 x 1 Renzo Olivo (ARG) - 6/2, 3/6 e 6/4

Roberto Carballes Baena (ESP) 2 x 0 João Sousa (POR) x  6/3 e 6/1

Nicolas Kicker (ARG) 2 x 0 Marco Cecchinato (ITA) - 7/5 e 6/0

Julio Peralta (CHI)/Horacio Zeballos (ARG) 2 x 1 Simone Bolelli (ITA)/Fabio Fognini (ITA) - 4/6, 7/6 (2) e 10/8

Nicholas Monroe (EUA)/Artem Sitak (NZL) 2 x 0 Guillermo Duran (ARG)/Albert Ramos Vinolas (ESP) -  7/6 (5) e 7/6 (5)

 

 

 

Compartilhe