Brasileira Paula Gonçalves e favorito David Ferrer avançam às quartas do Rio Open

18.Fev.2016

Convidada pela organização para jogar o qualifying, a brasileira Paula Gonçalves alcançou pela primeira vez na carreira as quartas de final de um torneio WTA, no Rio Open apresentado pela Claro. Paula venceu nesta quinta-feira a sueca Johanna Larsson, cabeça de chave número 2 do torneio, por 2 sets a 0, com um duplo 6/4. Pela chave masculina, o atual campeão David Ferrer derrotou, de virada, o também espanhol Albert Ramos-Vinolas por 4/6, 6/1 e 6/4. O Rio Open, disputado nas quadras do Jockey Club Brasileiro, é o maior torneio de tênis da América do Sul, com disputas simultâneas de um ATP World Tour 500 e um WTA Internacional.


Assim como nos seus outros jogos, Paula entrou muito concentrada e tranquila para enfrentar a favorita Larsson. A tenista de Campinas, treinada pelo ex-jogador Carlos Alberto Kirmayr, não se abalou quando a sueca quebrou seu saque e abriu 3 a 1. Com longas trocas de bola, colocando a sueca para correr, quebrou o saque da rival duas vezes e fez 6/4. No segundo set, começou sendo quebrada, mas deu o troco no game seguinte, e seguiu firme. Teve chance de fechar no 5 a 4, sacando, mas ficou para o game seguinte. No match point, sua bola tocou na rede e caiu do lado da quadra da sueca, sem chance para a rival.


"A pressão estava toda do lado dela, então entrei muito tranquila, como fiz desde o primeiro jogo do quali. Estou feliz, está sendo uma semana em que meu tênis encaixou, então tenho que aproveitar esse momento e seguir adiante", disse a jogadora de 25 anos. "Vencer jogadoras do nível dela, entre as 50 do mundo (Larsson é a 48ª), mostra que é possível sonhar mais alto", disse a número 285º.


A brasileira contou com grande apoio da torcida, que encheu a quadra 1. "A quadra é menor, a torcida fica próxima, então é ótimo porque dá para sentir a energia, a vibração dos torcedores, e ajuda ainda mais".


Na próxima rodada, Paula enfrentará a norte-americana Shelby Rogers, 131º do mundo, pelas quartas de final. Elas duelaram apenas uma vez, em 2013, no saibro, em Pelham, e a norte-americana levou a melhor.


Ferrer conquista vitória de virada e encara Thiem por vaga na semifinal
David Ferrer levou um susto mas avançou às quartas de final do Rio Open ao derrotar o também espanhol Albert Ramos-Vinolas por 4/6, 6/1 e 6/4.


Segundo cabeça de chave no torneio, Ferrer agora tem 6 a 0 no confronto direto com o compatriota. Nesta sexta, ele busca uma vaga nas semifinais do torneio contra o austríaco Dominic Thiem, vencedor em Buenos Aires no último domingo.


Com a vitória, Ferrer, sexto no ranking mundial, chegou pela quarta vez neste ano nas quartas de final de um torneio da ATP. Na semana passada, em Buenos Aires, ele alcançou sua segunda semifinal em 2016 - perdeu para Nicolas Almagro.


O espanhol, de 33 anos, começou perdendo o primeiro set depois que Ramos-Vinolas quebrou seu primeiro serviço. Ferrer voltou mais forte no segundo set e marcou 3 a 0 para fechar em 6/1 em 40 minutos. Ele também começou o terceiro set melhor, quebrando o serviço de Ramos-Vinola, para fechar em 6/4 e aumentar seu recorde no torneio para 10 vitórias contra uma derrota. "Eu estava esperando uma partida complicada e realmente foi. Estava muito quente e úmido e nestas condições é bem difícil de manter o ritmo", explicou.


A partida contra Thiem será a primeira entre os dois. "Vai ser um jogo complicado porque ele é jovem e vem jogando muito bem. Ele está muito confiante e é muito forte. Thiem é um bom jogador em todos os tipos de quadra e gosto do seu estilo de jogo".


Em outro jogo, o argentino Guido Pella derrotou o colombiano Santiago Giraldo por 6/4 e 6/0, e enfrentará o espanhol Daniel Gimeno-Traver por uma vaga na semifinal. 

Compartilhe