Nadal começa disputa do Rio Open com vitória sobre compatriota Carreno Busta

17.Fev.2016

O espanhol Rafael Nadal, campeão da primeira edição do Rio Open apresentado pela Claro e cabeça de chave número 1 em 2016, estreou com vitória no maior evento de tênis da América do Sul. Nadal derrotou o compatriota Pablo Carreno Busta, na noite desta terça-feira, por 2 sets a 0, com parciais de 6/1 e 6/4. A partida foi interrompida por uma hora após o primeiro set, devido à chuva que caiu no Rio de Janeiro. Por conta do mau tempo, o confronto entre o francês Jo-Wilfried Tsonga e o brasileiro Thiago Monteiro, que nem havia começado, foi adiado para esta quarta-feira. A partida abre os confrontos da quadra Guga Kuerten, às 14h15.


Na próxima rodada, Nadal, nove vezes campeão de Roland Garros e número 5 do mundo, encara outro compatriota, Nicolas Almagro, em data a ser definida. Almagro eliminou o também espanhol Daniel Munoz de La Nava por 6/1, 3/6 e 6/4.


Depois de vencer fácil o primeiro set, Nadal encontrou mais dificuldades na segunda parcial. Por causa da chuva, a quadra de saibro ficou pesada, e em boa parte do segundo set, os tenistas atuaram debaixo de garoa. Houve uma sequência de quebras de serviço - Busta perdeu seu saque em três oportunidades e Nadal em duas -, mas na hora de fechar contou a experiência do dono de 14 Grand Slams.


"Joguei muito bem o primeiro set e no segundo as condições estavam mais difíceis por causa da chuva, por isso aconteceu vários break-points. Consegui sobreviver às quebras e o importante foi não ficar lamentando. Foi uma ótima vitória e estou muito contente", disse Nadal.


Em outro jogo da rodada, o brasileiro Thomaz Bellucci foi derrotado pelo ucraniano Alexandr Dolgopolov, de virada, por 2 sets a 1, com parciais de 7/6 (3), 7/5 e 6/2. Foi a terceira derrota de Bellucci para Dolgopolov, a segunda neste ano.


No primeiro set, Bellucci saiu perdendo, mas buscou a virada e fechou no tie-break por 7-3. O ucraniano, 33º do mundo, entrou melhor no segundo e abriu 4 a 1. Com bons saques, Bellucci foi buscar e deixou o set equilibrado. Quando Dolgopolov vencia por 6 a 5, começou a chover forte e a partida foi suspensa. Quase 1h30 depois, os tenistas retomaram a partida, e o ucraniano empatou, fechando por 7/5. Na parcial decisiva, o brasileiro abriu 2 a 0, mas caiu de rendimento e viu Dolgopolov fechar por 6/2. 


Atual 32º do ranking mundial, Bellucci disse que a queda no aproveitamento do primeiro saque foi um dos motivos da derrota. "Acho que joguei melhor no terceiro set, mas ele também subiu de rendimento, e começou a me atacar mais. Meu saque passou a não entrar tanto e não consegui encontrar um jeito de superá-lo. Ele mereceu a vitória", disse.


Na próxima rodada, Dolgopolov enfrentará o espanhol Inigo Cervantes, que venceu o japonês Taro Daniel, de virada, por 3/6, 7/5 e 6/2. Quem também venceu na estreia foi o uruguaio Pablo Cuevas, que passou pelo argentino Facundo Bagnis por 6/2 e 6/0, e aguarda o vencedor do jogo entre Tsonga e Thiago.

Compartilhe