Bruno Soares e Marcelo Melo são eliminados por espanhóis na semifinal

21.Fev.2016

Os brasileiros Bruno Soares e Marcelo Melo, cabeças de chave número 1, foram eliminados pelos espanhóis Pablo Carreno Busta e David Marrero, na semifinal, e estão fora da decisão do Rio Open. Busta e Marrero venceram por 6/2, 3/6 e 10/7, e disputarão o título com os colombianos Juan Sebastian Cabal e Robert Farah, neste domingo, às 17h, na quadra 1. Cabal e Farah, cabeças de chave número 2 do torneio, venceram os brasileiros Thomaz Bellucci e Marcelo Demoliner por um duplo 6/4.

Melo e Soares,  que têm outros parceiros no circuito e formaram parceria para jogar no Rio de olho nas Olimpíadas, lamentaram a derrota. "Não saquei bem a semana toda, mas não acho que jogamos mal hoje. Melhoramos no segundo set, e no tie-break foram detalhes", disse Bruno, campeão do Australian Open neste ano ao lado do britânico Jamie Murray.

"Foi nosso primeiro torneio neste ano pensando nas Olimpíadas. Vamos jogar juntos mais algumas vezes, então teremos tempo para chegar bem nos Jogos", disse Melo, número 1 do mundo e campeão de Roland Garros-2015 com o croata Ivan Dodig.

Marrero, que soma 11 títulos na carreira em duplas, foi vice-campeão do Rio Open com Marcelo em 2014. Busta conquistou um título de duplas neste ano, em Quito, com o argentino Guillermo Duran.

Já Cabal e Farah jogam juntos o circuito e somam cinco títulos na carreira, sendo que um deles é o troféu do Rio Open 2014. Na semana passada, conquistaram o título de Buenos Aires. "Foi uma partida difícil contra os brasileiros, mas jogamos bem e estamos na final. Temos boas recordações do título de 2014, nos sentimos muito bem no Rio, e estamos prontos para a decisão", disse Cabal.

Mesmo com a derrota, Bellucci e Demoliner comemoram a campanha no Rio. "Estamos jogando bem, evoluindo como parceria", disse Demoliner. Os brasileiros foram vice-campeões em Quito, na semana passada. "Vamos tentar jogar mais vezes neste ano, é um começo de parceria e temos muito para evoluir. Se conquistarmos bons resultados, vamos melhorar nosso ranking e quem sabe conseguimos entrar na chave das Olimpíadas", disse Bellucci.

Compartilhe