Rio Open confirma terceiro top 10: Carreño Busta

05.Dez.2017

Nesta terça-feira, 5 de dezembro, a IMM, promotora do Rio Open apresentado pela Claro, maior torneio de tênis da América do Sul, anunciou a presença de um terceiro top 10 na disputa. Pablo Carreño Busta, 10º na ATP, se junta a Marin Cilic, 6o,
Dominic Thiem 5º, que volta para defender o seu título no saibro carioca e ao francês Gael Monfils na disputa pelo título do ATP 500, de 19 a 25 de fevereiro, no Jockey Club Brasileiro.

“É uma grande satisfação contar com 3 jogadores top 10, além do  Monfils, no ano em que comemoramos a 5ª edição do Rio Open. Para 2018 conseguimos inovar e trazer dois tenistas que nunca disputaram torneios ATP no Brasil. Além dos nossos dois últimos finalistas, o Thiem e o Carreño Busta, que fizeram uma grande temporada, os fãs também poderão ver de perto o Cilic, um campeão de Grand Slam, além do Monfils que é um showman”,  declara Luiz Procópio Carvalho, Diretor do Rio Open.
 
Com três títulos conquistados na carreira, o jovem espanhol Pablo Carreño Busta fez de 2017 o seu melhor ano. Após disputar a final do Rio Open, Busta atingiu resultados inéditos, fazendo semifinal no US Open, além de quartas em Roland Garros. O ótimo desempenho na temporada foi coroado com a participação no ATP Finals, em Londres, e o melhor ranking de sua carreira, terminando o ano como o décimo melhor tenista do mundo.  

“Estou muito feliz em jogar no Rio novamente. Alcançar a minha primeira final de ATP 500 no Rio esse ano meu deu confiança para chegar no Top 10 e fazer a melhor temporada da minha carreira. Espero poder voltar ainda mais forte ano que vem e lutar pelo título,” disse Carreño Busta.
  
Já consolidado no grupo dos melhores tenistas do mundo e atual campeão do Rio Open, Thiem tem duas semifinais de Grand Slam no currículo, ambas em Roland Garros, nos últimos dois anos. O austríaco levantou oito troféus no circuito mundial em 13 finais, marca notável para um tenista com menos de 24 anos, além de ter sido vice-campeão do Masters 1000 de Madri, em maio. Thiem fechou a temporada como número 5 do mundo após disputar o ATP Finals pela segunda vez consecutiva.
 
A edição de 2018 do Rio Open apresentado pela Claro também terá a estreia de dois grandes jogadores do circuito mundial: o croata Marin Cilic, sexto colocado no ranking mundial e campeão do US Open em 2014, e o francês Gael Monfils, ex-número 6 do mundo.
 
Cilic venceu 17 torneios no circuito mundial em incríveis 30 finais. Sua campanha no Grand Slam norte-americano há três anos foi incontestável, com direito a vitória diante de Roger Federer na semifinal, por 3 a 0. O croata voltou a uma decisão de Slam neste ano, sendo vice-campeão em Wimbledon. Aos 29 anos, Cilic também tem um título de Masters 1000, conquistado em Cincinnati em 2016, e disputou neste ano seu terceiro ATP Finals, torneio que reúne os oito melhores do ano.
 
Monfils conquistou seis troféus na carreira, já foi vice-campeão de três Masters 1000 e semifinalista em Roland Garros (2008) e no US Open (2016). Seu melhor momento na temporada foi a decisão no torneio de Eastbourne, na Inglaterra. Com seu estilo de jogo versátil, Monfils, atual número 46 na ATP, tem um bom desempenho em todas as superfícies e adora jogar com o público.
   
Vale ressaltar que o Rio Open é o primeiro ATP World Tour 500 da história do Brasil e integra o seleto grupo de 13 torneios denominados ATP 500, sendo um dos 22 mais importantes do calendário da ATP . Isso o credencia como o maior evento esportivo anual do Rio de Janeiro e um dos únicos torneios ATP 500 de saibro no mundo.

Compartilhe