Austríaco Haider-Maurer bate Feijão e enfrenta Ferrer na semifinal do Rio Open

21.Fev.2015

Mesmo com o apoio da torcida, que encheu a quadra central, o brasileiro João Souza, o Feijão, foi derrotado pelo austríaco Andreas Haider-Maurer por 2 sets a 1, com parciais de 7/6 (4), 1/6 e 6/4, pelas quartas de final do Rio Open apresentado pela Claro. Haider-Maurer buscará vaga na final contra o espanhol David Ferrer, nono melhor jogador do mundo e cabeça de chave número 2 do torneio, que venceu o argentino Juan Monaco.

Apesar de não ter alcançado sua primeira semifinal de ATP 500, Feijão tentou ver o lado positivo desta semana. "Tem jogos que a gente consegue reverter, outros não, hoje não foi para o meu lado. Mas não tem o que lamentar. Com a campanha aqui vou atingir minha melhor posição no ranking, vou poder jogar mais torneios de ATP, não só da série Challenger, e também entrar direto nos Grand Slams. Acho que foi um bom começo de ano, está saindo como tinha planejado", disse o brasileiro, hoje 88º do mundo.

A semifinal no Rio é o melhor resultado de Haider-Maurer nesta temporada. O tenista, atual 74º do ranking mundial, disputou uma final na carreira, em 2010.  "Foi difícil jogar com a torcida contra, mas ao mesmo tempo é uma energia muito boa estar na quadra central", disse o austríaco.

Ferrer, campeão de 22 títulos na carreira, também fez uma partida dura nas quartas, contra Monaco, e saiu animado da quadra. "Não estava satisfeito com meu jogo nas primeiras partidas, mas hoje melhorei. Foi um confronto em condições difíceis, pelo clima, então me sinto bem".

Compartilhe