Animados com a experiência na Sapucaí, Marcelo Melo e Lukasz Kubot buscam título

18.Fev.2018

Estrelas do ranking mundial de duplas, os brasileiros Marcelo Melo e Bruno Soares ainda não sentiram o gostinho de conquistar o título do Rio Open. Marcelo foi quem chegou mais perto, logo na primeira edição, em 2014, quando, ao lado do espanhol David Marrero, ficou com o vice-campeonato. Bruno parou nas semifinais nas quatro edições.

Melo e seu parceiro, o polonês Lukasz Kubot, dividem a liderança do ranking de duplas, e consideram que chegam mais fortes para brigar pelo título neste ano. "O torneio é duro, equilibrado, mas acredito que a gente chega mais preparado. No ano passado, estávamos iniciando a parceria. Acho que para vencermos aqui não tem um grande segredo, precisamos encaixar uma semana de bons jogos", disse Melo, que venceu seis títulos no ano passado, incluindo Wimbledon.

O mineiro e seu parceiro, que já foram campeões nesta temporada -  Sydney - ficaram muito emocionados por participar do Desfile dos Campeãs do Carnaval do Rio, no sábado, pela Mangueira. "Foi uma grande experiência. Conhecia o Carnaval pela televisão, mas estar lá ao vivo, observando tudo o que acontece, é uma energia inacreditável e nunca vou esquecer", disse Kubot.

Compartilhe