Cabeças de chave italianos começam o Rio Open apresentado pela Claro com vitórias

17.Fev.2015

A terça-feira foi de vitórias para os italianos Sara Errani, Roberta Vinci e Fabio Fognini, cabeças de chave números um, três e quatro, respectivamente. Na quadra central do Jockey Club Brasileiro, Fognini precisou de 1h40 e muito suor para se recuperar de uma derrota no primeiro set e vencer o checo Jiri Vesely com parciais de 1/6, 7/6 (7-5) e 6/1. Ofegante após o duro triunfo, Fognini exaltou o apoio da torcida brasileira: “É sempre bom ter o público a favor e estou muito contente de ter conseguido vencer uma partida tão complicada. Consegui aceitar que não estava jogando bem e acho que tive um pouco de sorte”.

Na quadra um, Roberta Vinci também enfrentou uma adversária da República Checa, Lucie Hradeka, e, assim como Fognini, precisou de muita força mental para dar a volta por cima. Depois de se ver diante de um placar parcial adverso de 4 a 0 no primeiro set, a italiana encontrou seu melhor jogo e fechou a partida em 1h30 e 2 sets a 0, parciais de 7/6 (7-4) e 6/3.

Sara Errani entrou na quadra central para encarar Teliana Pereira, semifinalista da primeira edição da competição, e não facilitou para a brasileira, emplacando um duplo 6-3. 

“Eu tentei não pensar que sou cabeça de chave do torneio, porque isso não me ajuda a ganhar. Eu prefiro pensar sobre o que eu tenho que fazer e honestamente eu não me vejo como favorita", disse a italiana.

Compartilhe