Clezar e Ymer ganham os últimos convites para chave do Rio Open

14.Fev.2015

Aos 22 anos, Guilherme Clezar é um dos principais nomes da nova geração de tenistas brasileiros. Quinto melhor jogador do país no ranking ATP, o gaúcho busca recuperar seu melhor ranking (156º, em 2013) e também vivenciar a experiência em torneios de grande porte, como o Rio Open apresentado pela Claro. No final de 2014, Clezar, que tem dois títulos de Challengers na carreira, ficou com o vice-campeonato do Challengers Final da ATP.

Representante da nova geração do tênis mundial, o sueco Elias Ymer, 18 anos, foi contemplado com o terceiro e último convite para a chave principal do Rio Open. A IMX, empresa organizadora do evento, também deu Wild Card na chave para o brasileiro João Souza, o Feijão.

Elias Ymer treina na academia do ex-número 2 do mundo Magnus Norman e vem alcançando excelentes resultados no circuito profissional. Atleta agenciado pela IMG, também foi agraciado com Wild Card no ATP de Chennai onde, no início de janeiro, chegou à segunda rodada. No Australian Open 2015, passou o qualifying, derrotando nomes como Benoît Paire, 135o da lista.

Em dois anos jogando torneios do circuito profissional, Ymer subiu mais de 800 posições, pulando de 1095o para 189o , seu atual posto na ATP. Já defendeu a Suécia na Copa Davis e possui 5 títulos ITF de simples.

"Elias Ymer é um jogador muito talentoso, tenista em ascensão e que mostrou grande progresso ao longo do ano passado. É um prazer dar a Elias a oportunidade de jogar a chave do Rio Open e nós estamos ansiosos para ver um grande desempenho dele na próxima semana", disse Fernando Soler, diretor da divisão de tênis da IMG.

O Brasil já tem garantido na chave principal além de Feijão e Thomaz Bellucci na simples, os duplistas Bruno Soares, Marcelo Melo e André Sá e na WTA, Teliana Pereira, Bia Maia e Paula Gonçalves. O torneio contará com a participação de 6 jogadores top 30 na sua segunda edição, com grande destaque para o nove vezes campeão de Roland Garros, Rafael Nadal e para o 10º da ATP, David Ferrer. Fabio Fognini, Tommy Robredo, Pablo Cuevas e Leonardo Mayer, completam a lista dos top 30. Entre as mulheres, destaque para Sara Errani, Roberta Vinci e Bethanie Mattek Sands.

Compartilhe