Cabal e Farah são os campeões de duplas do Rio Open apresentado pela Claro hdtv

23.Fev.2014

Os colombianos Robert Farah e Juan Sebastian Cabal coroaram a ótima semana no Rio de Janeiro com o título do Rio Open apresentado pela Claro hdtv, o maior torneio da América do Sul. A dupla colombiana levantou neste domingo o troféu mais importante da carreira de ambos, o primeiro de nível ATP. Depois de derrubar Bruno Soares nas semifinais, eles venceram na decisão do ATP 500 o brasileiro Marcelo Melo e o espanhol David Marrero por 2 sets a 0, com parciais de 6/4 e 6/2. 

"Estamos muito contentes por levantar esse primeiro ATP na América do Sul, e logo um 500. As condições estavam muito boas pra gente, temos trabalhado muito bem e é seguir lutando para conquistar ainda mais. O importante pra gente é conseguir entrar nos Masters 1000, e com o título daqui chegamos perto, mas ainda não estamos totalmente assegurados. Queremos continuar evoluindo pra quem sabe entrar no ATP Finals no fim do ano", disse Cabal.

Desde o final de 2013, os colombianos treinam com o ex-jogador Jeff Coetzee, ex-número 12 do mundo e detentor de seis títulos de duplas no circuito. Os resultados vieram rapidamente, e a dupla colombiana fez duas finais em Brisbane e Viña del Mar, antes de conquistar o título no Rio de Janeiro. "Ele foi um grande jogador, tem um porte muito bom e sempre ganhava as partidas muito mais com a inteligência do que com a força. Mais que tudo, temos treinado muita técnica e tática de jogo. É isso que ele vem passando pra gente, fizemos uma ótima pré-temporada com ele na academia do Nick Bolletieri. Os resultados provam que estamos no caminho certo e estamos conscientes que podemos chegar longe", disse Farah.

Já o brasileiro Marcelo Melo lamentou o resultado, mas valorizou a boa campanha. “Acho que o resultado foi fantástico, não dá para reclamar da boa semana que tivemos. O fato de nos conhecermos por treinarmos juntos no circuito foi importante para ter chegado na final. A maior chance que a gente teve foi no primeiro set, no 3/2, 15/40. Num ponto, eles jogaram muito bem, no outro foi falta de sorte. Foi questão de jogo. Não dá pra dizer que se a gente tivesse quebrado ali o jogo teria mudado. As outras chances a gente estava no sufoco tentando sobreviver", disse o Brasileiro, que não jogará na próxima semana.

O parceiro de Melo, David Marrero, aprovou a semana com o brasileiro, que não é seu parceiro habitual de circuito. "Nossos parceiros estavam jogando na Europa e nós estamos acostumados a treinar juntos, então fazemos uma boa parceria, nos divertimos bastante, damos muitas risadas e agora tivemos um ótimo resultado. Não sei o que vai acontecer no futuro, mas certamente será um prazer poder jogar com o Melo durante outras semanas", concluiu.

Com o título, além do troféu assinado pelo artista Antonio Bernardo, Cabal e Farah levam 500 pontos no ranking e US$93.450,00 em premiação. Melo e Marrero somam 300, e mais US$ 42.180,00.

Compartilhe