Maria Esther Bueno recebe homenagem e se emociona no Rio Open apresentado pela Claro hdtv

20.Fev.2014

O Rio Open apresentado pela Claro hdtv prestou homenagem a um dos maiores nomes do esporte brasileiro e ícone do tênis mundial, na noite desta quarta-feira, no Jockey Club Brasileiro, no Rio de Janeiro. Maria Esther Bueno, campeã de 19 títulos de Grand Slam, pisou na quadra central do maior evento da modalidade na América do Sul e assistiu a um vídeo preparado pela organização, lembrando os momentos marcantes de sua brilhante carreira. O público aplaudiu de pé a "bailarina das quadras", como a brasileira ficou conhecida quando jogava.

"Fiquei emocionada ao rever meus bons tempos na quadra, estou muito feliz de estar aqui", disse a tetracampeã do US Open (1959, 1963, 1964 e 1966) e tricampeã de Wimbledon (1959, 1960 e 1964) em simples, considerada a melhor do mundo na sua época, quando o ranking ainda não havia sido oficialmente instituído. "Espero que tudo que fiz sirva de alguma maneira para os novos jogadores, e que este torneio no Rio seja o primeiro de muitos. O Brasil precisa de eventos como esse", acrescentou a jogadora, depois de assistir ao vídeo com imagens de seus jogos, embalado com a música "Maria, Maria", de Milton Nascimento.

Maria Esther, integrante do Hall da Fama Internacional do Tênis, recebeu uma placa comemorativa do diretor do torneio, Luiz Fernando Carvalho e também neto de Alcides Procópio, o primeiro brasileiro a jogar Wimbledon e que fez parte da carreira de Maria Bueno, como é chamada lá fora. "Quero agradecê-la por tudo o que fez pelo tênis. Você é um exemplo a ser seguido", disse Carvalho.



Pela primeira vez, projeto social brasileiro ganha prêmio ATP Aces for Charity 

Os brasileiros Bruno Soares e André Sá entraram na quadra central do Rio Open apresentado pela Claro hdtv, no início da noite desta quarta-feira, para uma atividade diferente. Em cerimônia entre os jogos da rodada noturna do torneio, os mineiros receberam um cheque de US$ 15 mil, cerca de R$ 40 mil, das mãos do novo CEO da ATP, Chris Kermode, pelo projeto social que apoiam em Porto Alegre. O ATP Charity Award faz parte do programa da entidade Aces for Charity, uma iniciativa global da ATP que visa premiar projetos de caridade realizados em países onde são jogados torneios do ATP World Tour. Foi a primeira vez que um projeto social brasileiro foi escolhido.

Bruno e André apadrinharam o projeto WimBelenDon, em Porto Alegre, fundado pelo fotógrafo Marcelo Ruschel há 11 anos e que atende mais de 100 crianças de baixa renda na zona sul da capital gaúcha contribuindo, através do tênis e da educação, para a inclusão social desses menores. Os brasileiros ficaram honrados com o prêmio. "É muito importante para o projeto. A gente conseguiu essa conquista para o WinBelemDon, que apoiamos há alguns anos. O Marcelo Ruschel trabalha com as crianças da região de Belém Novo, oferecendo inclusão social, tênis, música, educação e tudo mais. Levar um projeto como esse é uma batalha do dia a dia, os custos são altos, a gente sabe que muitas vezes ele tirou dinheiro do próprio bolso pra sustentar essas crianças, então qualquer tipo de ajuda que a gente puder dar, será muito bem-vinda. A ATP tem um projeto fantástico neste sentido e estamos muito felizes de fazer parte do primeiro projeto brasileiro a conseguir esta ajuda", disse o duplista Bruno.

Sá acredita que com esse prêmio mais pessoas vão olhar para o trabalho realizado pela entidade. "Cada doação faz uma diferença muito grande pras crianças, e este é o objetivo principal de um projeto assim. A intenção é que, a partir deste prêmio, o projeto tenha um pouco mais de repercussão na mídia, e que mais pessoas possam ajudar, porque as crianças estão precisando".

Criado em 2011, só nesta temporada o ATP Aces for Charity escolheu nove projetos ao redor do mundo que receberão os US$ 15 mil, cerca de R$ 40 mil cada.



INFORMAÇÕES E SERVIÇOS PARA O PÚBLICO

Abertura dos portões: 9h

Local de entrada: Rua Mario Ribeiro, 410, Leblon

O que pode: frutas e sanduíches em sacos transparentes, capa de chuva e guarda-chuva

O que não pode: garrafas de vidro e embalagens de bebidas alcoólicas

Como chegar: Para os espectadores que optarem pela utilização de transporte público, ônibus vindos da região Oeste, sentido Lagoa, passam próximos ao local. Ônibus de integração do Metrô e demais vindos pelo sentido Jardim Botânico têm como ponto mais próximo da entrada o Baixo Gávea. Táxi é outra boa opção. 

Entretenimento e alimentação: Nem só de jogos viverá o Rio Open apresentado pela Claro hdtv. Para que os fãs tenham uma experiência completa haverá uma área interativa, logo na entrada do complexo (pela Av. Mario Ribeiro) do Jockey Club Brasileiro, chamada Leblon Boulevard. O espaço de entretenimento contará com restaurantes (bebidas, cachorro-quente, pizza, comida japonesa, sorvete e frutas), stands de patrocinador e um telão com a transmissão dos jogos, fruto de uma parceria com o Shopping Leblon. A estrutura do evento também terá outros três bares, em diferentes pontos. Vendedores também circularão pelo evento vendendo água, cachorro quente e sorvete. O evento também contará com espaços interativos e lojas de marcas patrocinadoras.

Retirada de Ingressos: aconselha-se chegar uma hora antes das partidas para retirar.

Meia-entrada: estudantes devem apresentar carteirinha da instituição; idosos (acima de 64 anos) e menores de 21 anos devem levar identidade; professores das redes pública e municipal de ensino do Rio de Janeiro devem mostrar a carteira funcional expedida pela Secretaria Municipal de Educação.

Mais informações no site oficial do evento: www.rioopen.com.br

O Rio Open é apresentado pela Claro hdtv, além do patrocínio máster da Claro hdtv, conta com o patrocínio de Itaú, Rolex, Peugeot, Correios, Raízen, Light, TAM, TAM Viagens, Xerox, Corona, Furnas, Asics, Amil, Head, Universidade Estácio de Sá e Glanbia. Conta com o apoio do Sheraton Rio Hotel & Resort - hotel oficial, Lenovo, IMG Academy, Shopping Leblon, Perrier - água oficial, Antônio Bernardo, Artefacto, Trousseau, Rio Sol, Faberg e Jockey Club Brasileiro. Otorneio terá transmissão em HD de até seis jogos diários peloscanais SporTV e a ATP Media distribuirá o sinal dos jogos diariamente para mais de 50 países. A Prefeitura do Rio de Janeiro através da Secretaria de Turismo dará todo o apoio ao torneio. O Rio Open é Incentivado pela Lei Estadual deICMS do Governo do Rio de Janeiro por meio da Secretaria de Estado de Esporte e Lazer e chancelado pela Associação dos Tenistas Profissionais (ATP), Women´s Tennis Association (WTA), Confederação Brasileira de Tênis e Federação Carioca de Tênis. Promoção IMX.

SOBRE A IMX

Criada no final de 2011, a IMX é uma holding de negócios nos setores de esportes e entretenimento e investe em conteúdos proprietários que fazem parte do calendário de grandes eventos dopaís. A empresa tem como uma de suas acionistas a americana IMG, uma empresa global de esporte, moda e mídia. A companhia possui entre seus ativos eventos em modalidades como Tênis (Rio Open, maior evento de tênis da América do Sul),Golfe (Brasil Champion, CBG Pro Tur), Vela (Volvo Ocean Race e Match Race Brasil), Esportes Radicais (Bowl Jam), Futevôlei (mundial e brasileiro 4x4), basquete (NBA), entre outros. A IMX atua também na gestão de imagem e carreira de atletas como Neymar, Thiago Silva, Rodrigo Pessoa e Gabriel Medina. Junto com Odebrecht e AEG, faz parte do Consórcio Maracanã S.A., responsável pelaadministração do Complexo do Maracanã pelos próximos 35 anos. A IMX é sócia da Rock World S.A, detentora da marca Rock in Rio, e do Cirque du Soleil, numaparceria que permitirá à empresa explorar a marca e suas diversas vertentes de negócios na América do Sul.

IMG - A EXPERIÊNCIA POR TRÁS DO RIO OPEN

IMG administra um portfólio insuperável de eventos e tenistas profissionais. A empresa possui, administra ou representa alguns dos mais importantes torneios de tênis do mundo, entre eles estão o Australian Open, Wimbledon, Sony Open, OpenBanc Sabadell, em Barcelona e o Open da Malásia, em Kuala Lumpur. Com início em 1978 pelo lendário treinador de tênis de Nick Bollettieri, o programa de Tênis da Academia IMG Bollettieri foi pioneira no conceito de ser uma "academia de treinamento de tênis" e estabeleceu o padrão para a indústria desde então. Alunos / formandos notáveis incluem Andre Agassi, Jim Courier, TommyHaas, Martina Hingis, Jelena Jankovic, Monica Seles, Maria Sharapova,SerenaWilliams e Venus Williams, Heather Watson, Vera Zvonereva, Ryan Harrison, e Kei Nishikori. IMG representa os melhores jogadores e jogadoras de tênis no mundo de hoje: as principais estrelas da era moderna, como Novak Djokovic, Maria Sharapova e Venus Williams, as futuras estrelas de amanhã, como Kei Nishikori e Ryan Harrison, e as lendas do jogo, como John McEnroe, Bjorn Borg e Monica Seles.

Compartilhe