Eles são dois dos maiores nomes do esporte nacional e ícones do tênis mundial. Juntos Maria Esther Bueno e Gustavo Kuerten somam 22 títulos de Grand Slam, integram o Hall da Fama Internacional do Tênis e ambos estarão no Rio Open apresentado pela Claro hdtv prestigiando o maior torneio de tênis da América do Sul e o único a reunir disputas simultâneas de um ATP World Tour 500 e um WTA International. Com organização da IMX, holding de esportes de negócios nos setores de esportes e entretenimento, o evento acontece de 15 a 23 de fevereiro, no Jockey Club Brasileiro, com premiação de US$ 1,309,707 milhão
para ATP e US$ 250 mil para WTA.
Única tenista do país a conquistar títulos de simples de Grand Slam em Wimbledon (em 1959, 1960 e 1964), além de deter quatro troféus do US Open (1959,1963,1964 e 1966) e ter conquistador o Grand Slam de duplas, Maria Esther Bueno é referência mundial. Conhecida como bailarina das quadras, pelo estilo de jogar e pelas roupas que usava na época, ela é reverenciada até hoje por onde quer que passe, inclusive por Billie Jean King que fez questão de falar da importância da brasileira na comemoração dos 40 anos da WTA no ano passado.
“Acompanho os maiores torneios do mundo e estou muito contente em poder participar e estar junto do Rio Open que é o maior evento de tênis da América do Sul. Para o público é uma grande oportunidade de ver alguns dos maiores tenistas da atualidade em ação, em casa e o tênis brasileiro ganha um presente com um torneio masculino e feminino sendo disputado ao mesmo tempo,” comentou a campeã de 19 títulos de Grand Slam, entre simples, duplas e duplas mistas, que na época em que jogava, antes do ranking ser oficialmente instituído, foi considerada a número um do mundo.
A primeira posição no ranking mundial foi a colocação alcançada por Gustavo Kuerten, no ano 2000, ao vencer a Masters Cup de Lisboa. Guga, na época já transformara o esporte no país. Tricampeão de Roland Garros (1997, 2000 e 2001), ainda causa rebuliço por onde passa e terá a oportunidade no Rio Open apresentado pela Claro hdtv, de ver em ação os tenistas com quem chegou a competir quando ainda disputava o tour profissional como Tommy Robredo, Nicolas Almagro, André Sá, entre outros e de ver o atual rei de Roland Garros, Rafael Nadal, jogando em terras brasileiras. Guga chegou a treinar com Nadal, mas nunca o enfrentou em uma partida profissional.
Para esta primeira edição do torneio, além de Nadal, Almagro e Robredo, o número cinco do mundo, David Ferrer está confirmado, além de Fabio Fognini, de Thomaz Bellucci, Bruno Soares, Marcelo Melo, de outros grandes nomes da ATP e da WTA, como a campeã de Roland Garros 2010, Francesca Schiavone, da número 34 do mundo, Klara Zakopalova e de de Yaroslava Shvedova, Vania King e da brasileira Teliana Pereira.
O Rio Open é apresentado pela Claro hdtv, além do patrocínio máster da Claro hdtv, conta com o patrocínio de Itaú, Rolex, Peugeot, Correios, Raízen, Light, TAM, TAM Viagens, Xerox, Corona, Furnas, Asics, Amil, Head, Universidade Estácio de Sá e Glanbia. Conta com o apoio do Sheraton Rio Hotel & Resort – hotel oficial, Lenovo, IMG Academy, Shopping Leblon, Perrier – água oficial, Antônio Bernardo, Artefacto, Trousseau, Faberg e Jockey Club Brasileiro. O torneio terá transmissão em HD de até seis jogos diários pelos canais SporTV e a ATP Media distribuirá o sinal dos jogos diariamente para mais de 50 países. A Prefeitura do Rio de Janeiro através da Secretaria de Turismo dará todo o apoio ao torneio. O Rio Open é Incentivado pela Lei Estadual de ICMS do Governo do Rio de Janeiro por meio da Secretaria de Estado de Esporte e Lazer e chancelado pela Associação dos Tenistas Profissionais (ATP), Women´s Tennis Association (WTA), Confederação Brasileira de Tênis e Federação Carioca de Tênis. Promoção IMX.

Share this post on: