O chileno Cristian Garin derrotou o croata Borna Coric por 2 sets a 0, com parciais de 6/4 e 7/5, na tarde deste domingo, e vai disputar o título do Rio Open apresentado pela Claro contra o italiano Gianluca Mager, que venceu o húngaro Attila Balazs por 7/6 (4), 4/6 e 7/6 (2). A decisão será ainda neste domingo, às 17h30, na quadra central. As semifinais também foram hoje por causa da chuva que adiou as partidas de sábado.

A final contra Mager, responsável por eliminar o austríaco Dominic Thiem nas quartas, será a quinta da carreira de Garin, e a primeira de um ATP 500. Cabeça de chave número 3, o chileno de 23 anos, vive a melhor fase da carreira, com três títulos conquistados nós últimos 11 meses, e a campanha no Rio vai deixá-lo mais perto do top 20.

O chileno entrou no jogo deste domingo, contra o ex-número 12 do ranking, tendo vencido o primeiro set por 6/4 e com empate no segundo por 4 a 4. “O dia de ontem foi muito longo, estava cansado, então foi bom que a partida foi adiada para hoje. Melhor que não avançou para o terceiro set. Estou contente por alcançar minha quinta final, mas decisões são para serem vencidas, e preciso entrar muito concentrado para dar o meu melhor em quadra”, disse Garin, que conquistou a oitava vitória seguida – foi campeão em Córdoba há duas semanas.

Coric fez uma avaliação positiva da sua participação no torneio. “Ele jogou muito bem, estava confiante, mas deixo o torneio feliz por ter jogado bem, melhor do que no início da temporada. Foi uma ótima experiência vir para o Rio, conhecer essa cidade incrível, disputar um torneio como esse. Fui muito bem recebido e espero voltar no ano que vem”, disse o tenista de 23 anos, que disputou o Rio Open pela primeira vez e que buscava alcançar a sexta final da carreira.

O outro finalista fez um jogo duro na semifinal. A partida começou no sábado e só terminou neste domingo no terceiro set. O jogador de 25 anos veio do qualifying e disputará sua primeira final de torneio ATP. No ano passado, Mager conquistou três challengers. O último jogador que veio do quali e conquistou um título de ATP foi o russo Daniil Medvedev em Tóquio 2018. “Eu trabalhei duro para chegar aqui e agora estou colhendo os frutos. É um sonho”, disse o italiano.

 

 

 

Share this post on: