Thiago Monteiro/Fotojump

O brasileiro Thiago Monteiro foi eliminado na segunda rodada do Rio Open apresentado pela Claro pelo húngaro Attila Balazs por 1/6, 6/1 e 6/4.

O tenista número 1 do Brasil lamentou a derrota. “É uma derrota dura, mas tenho que tentar olhar pelo lado de mais um aprendizado. Comecei o jogo bem, mas dei uma desconcentrada no segundo set e cedi vários pontos de graça. Isso não pode acontecer, e me custou o jogo”, disse.

Balazs, de 31 anos, entrou na chave como lucky looser. O tenista da Hungria chegou a se retirar das quadras em 2014, mas voltou a jogar dois anos depois.

“Comecei a me sentir entediado em casa e achei que era cedo para ser apenas treinador, então decidi jogar alguns torneios próximos no meu país, para os quais não teria nem que viajar. Acabei ganhando a maioria deles e meus amigos e familiares me incentivaram a retomar a carreira profissional. Fiz isso e aqui estou”, disse o húngaro, feliz por estar em sua primeira quartas de final da carreira num torneio ATP 500.

“Eu tive muitos altos e baixos na minha vida, tive que lidar com algumas lesões, e talvez agora eu esteja merecendo ter um pouco de sorte. Quero curtir esse momento”, disse o jogador, que enfrentará na próxima rodada o espanhol Pedro Martinez, responsável por eliminar seu compatriota Pablo Andujar por 6/1 e 6/4.

Share this post on: