Não categorizado

  Visita ilustre do Rio Open desde a primeira edição, em 2014, o ex-tenista Fernando Meligeni é só elogios para o maior torneio da América do Sul. Requisitado pelo público durante a disputa do ATP 500, para fotos e autógrafos, o brasileiro que foi o 25º do ranking mundial estará na arquibancada na noite desta terça-feira para a estreia do sobrinho, Felipe, na partida contra o favorito Dominic Thiem. "O Rio Open é um espetáculo dentro e fora da quadra. O primeiro dia de disputa foi incrível. A vitória emocionante do Thiago Wild, num jogo que teve discussão, saque por baixo...Tudo isso só engrandece ainda mais o torneio", disse Meligeni, em entrevista coletiva. "O Rio Open tem grande importância para o tênis brasileiro. A quantidade de jovens e crianças que vêm assistir, que me aborda para conversar, tirar fotos. A experiência aqui é um incentivo para eles e só ajuda o tênis a crescer". Meligeni estará na torcida pelo sobrinho nesta noite. E não esconde a ansiedade. "Ainda tem muita emoção pela frente. Quem não gostaria de ter no currículo um jogo numa quadra central de ATP 500 contra o número 4 do mundo, que já fez final em Roland Garros e no Australian Open? É uma experiência incrível, uma grande oportunidade, que ele precisa passar", disse o ex-jogador, que lançou no Rio Open seu projeto de curso online para tenistas de todos os níveis, com os fundamentos do tênis, exercícios, e estratégias de jogo. O lançamento será em março.
 2
  O espanhol Carlos Alcaraz, de 16 anos, conquistou sua primeira vitória em um torneio nível ATP, ao passar pelo experiente compatriota Albert Ramos Vinolas, cabeça de chave número 7, por 7/6 (2), 4/6 e 7/6 (2), em 3h36, nesta segunda-feira. Convidado pela organização, ele é o mais novo a jogar o Rio Open, e disputou pela primeira vez a chave principal de um ATP 500, conseguindo mais um resultado surpreendente em sua curta carreira. O garoto, que somou seu primeiro ponto no ranking da ATP aos 14 anos e 9 meses,  é treinado pelo ex-número um do mundo, Juan Carlos Ferrero, campeão de Roland Garros 2003.  Atual 407º do mundo, Alcaraz é o tenista mais jovem a figurar no top 500 e atraiu a atenção da imprensa internacional ao vencer partidas contra tenistas do top 200 em torneios do nível Challenger, impressionando com o seu estilo de jogo inteligente. "Estou muito contente com a vitória, diante de um grande jogador, top 50. Não foi uma partida fácil, acho que a mais longa da minha carreira. As condições eram difíceis, devido à umidade, mas quando você tem a atitude certa as condições não importam. Quero continuar evoluindo e usar essa experiência no futuro", disse o jovem, que enfrentará na próxima rodada o argentino Federico Coria. O rival desta segunda tinha o dobro da sua idade. Mesmo tão novo, o espanhol se mostra muito maduro. "Sempre entro em quadra com o pensamento de vencer, não importa o adversário, porque se você não acredita que pode ganhar, não tem por que jogar", disse. Feliz pela conquista, disse que agora já tem um carinho especial pelo Rio Open.  "Eu vou lembrar do Rio por toda

Continue Reading

 2
  O Brasil garantiu um representante na segunda rodada do Rio Open apresentado pela Claro. Em jogo emocionante na quadra central, na noite desta segunda-feira, Thiago Wild salvou três match points para vencer o espanhol Alejandro Davidovich Fokina, de virada, por 5/7, 7/6 (3) e 7/5, em 3h50, no jogo mais longo da história do torneio. Foi a primeira vitória do brasileiro de 19 anos em um torneio ATP 500. Ele comemorou com a torcida, que encheu as arquibancadas, em uma partida que teve clima quente. Depois de perder o primeiro set, o brasileiro viu o rival ter três match points no segundo. O paranaense se recuperou e levou a série para o tiebreak. Fokina ficou nervoso com o barulho da  torcida, reclamou com o juiz, e Wild acabou levando por 7 a 3. No set decisivo, o jogo continuou equilibrado, com quebras dos dois lados, mas Wild foi firme para fechar no saque do espanhol. O antigo recorde de partida mais longa no torneio era do ano passado: 3h19, no jogo entre o espanhol Jaume Munar contra o britânico Cameron Norrie. "Foi minha maior vitória da carreira, por ser em um ATP 500, fiquei muito feliz e vou levar para meus próximos dias de trabalho. Independentemente do que acontecer na próxima rodada, é algo que ficará guardado, que me mostrou que estou no caminho certo", disse o 206º do ranking. Na próxima rodada, Wild, que recebeu convite da organização, enfrentará o vencedor da partida entre o croata Borna Coric e o argentino Juan Ignacio Londero, que jogam nesta terça, na abertura da quadra central, às 16h30.   RESULTADOS DE SEGUNDA-FEIRA [WC] Thiago Wild (BRA) 2 x 1 Alejandro Davidovich

Continue Reading

 5
  Os quatro brasileiros na disputa do qualifying da chave de simples do Rio Open foram derrotados neste sábado, no Jockey Club Brasileiro. João Menezes perdeu do italiano Federico Gaio por 6/7 (5), 6/4 e 6/3, Orlando Luz caiu para o húngaro Attila Balazs por um duplo 6/3, Mateus Alves foi eliminado pelo espanhol Pedro Martinez por 6/2 e 6/3, e Pedro Boscardin foi derrotado pelo eslovaco Jozef Kovalik por 6/3 e 6/1. Neste domingo, será realizada a última rodada do qualifying, quando serão conhecidos os últimos quatro classificados para a chave principal. A rodada começa às 16h30, com entrada gratuita para o público. Para quem não puder ir ao Jockey, o Rio Open está disponibilizando o streaming dos jogos. As partidas disputadas nas quadras 1, 2 e 4 do complexo serão transmitidas no rioopen.com. No quali de duplas, um brasileiro avançou. Em parceria com o húngaro Attila Balazs, Fernando Romboli venceu os brasileiros João Menezes e Thiago Wild por 1/6, 7/6 (4) e 10/8, e vai disputar a vaga na chave principal contra os italianos Federico Gaio e Salvatore Caruso. Os italianos derrotaram o boliviano Hugo Dellien e o argentino Leonardo Mayer por um duplo 6/2. Confira a programação neste link RESULTADOS DE SÁBADO Federico Gaio (ITA) 2 x 1 João Menezes (BRA) - 6/7 (5), 6/4 e 6/3 Jozef Kovalik (SVK) 2 x 0 [WC] Pedro Boscardin (BRA) - 6/2 e 6/2 Andrej Balazs (HUN) 2 x 0 [WC] Orlando Luz (BRA) - 6/3 e 6/3 Pedro Martinez (ESP) 2 x 0 Mateus Alves (BRA) - 6/2 e 6/3 Federico Coria (ARG) 2 x 0 Carlos Taberner (ESP) - 7/6 (5) e 6/1 Filip Horansky (SVK) 2 x 0

Continue Reading

 4
O Rio de Janeiro volta a ser o ponto de encontro dos grandes nomes do tênis mundial a partir de sábado, dia 15, com o início da sétima edição do Rio Open apresentado pela Claro. Com o número 4 do mundo confirmado e 11 jogadores entre os 50 melhores do mundo, o maior torneio de tênis da América do Sul e único da ATP no Brasil espera reunir 50 mil pessoas no Jockey Club Brasileiro, em um espaço que une ainda boa gastronomia, produtos exclusivos, exposição de arte e música de qualidade. “É muito gratificante acompanhar de perto o crescimento do Rio Open. A gente se inspira muito nos grandes torneios de tênis do mundo. O objetivo é trazer o que há de melhor para o público, sem perder nossa identidade, o nosso DNA. É o nosso “grand slam” brasileiro!”, comemora Marcia Casz, diretora geral do Rio Open. “Temos uma experiência incrível dentro e fora das quadras. É um evento”, finaliza. Abrindo o torneio, nos dias 15 e 16, acontece a disputa do Qualifying, com entrada gratuita. Já na segunda-feira, dia 17, tem início a chave principal, com a Grande Final acontecendo no dia 23. O torneio tem grandes nomes garantidos na chave, como o austríaco Dominic Thiem, o argentino Diego Schwartzman, o croata Borna Coric, o espanhol Fernando Verdasco, o brasileiro número um do país Thiago Monteiro e os convidados Felipe Meligeni e Carlos Alcaraz. Os ingressos podem ser adquiridos no site www.tudus.com.br/rioopen com preços a partir de R$ 30. O tênis é a atração principal, mas também há muitas outras opções de entretenimento, numa estrutura comparável à de grandes eventos do circuito mundial. O Rio Open conta com uma área interativa de aproximadamente 10

Continue Reading

 3
A nova geração do tênis brasileiro continua sendo privilegiada no Rio Open, maior torneio de tênis da América do Sul.  Foram divulgados hoje os últimos convites que completam as chaves principal e qualifying de duplas do maior torneio de tênis da América do Sul. O qualifying acontece nos dias 15 e 16 de fevereiro, com entrada gratuita no Jockey Club. Para a chave, entre 17 e 23, os ingressos estão à venda em www.tudus.com.br/rioopen Receberam Wild Card para a chave principal as parcerias de Thiago Monteiro e Felipe Meligeni Alves e Orlando Luz e Rafael Matos. No quali completam a lista, João Menezes e Thiago Wild. “A disputa de duplas tem cada vez mais importância, principalmente entre os brasileiros, que se destacam na modalidade. É mais uma chance que damos a nova geração brasileira de estar no Rio Open, conviver com grandes jogadores e viver a experiência de um ATP 500," disse Luiz Carvalho, diretor do torneio. A disputa de duplas reúne alguns dos melhores tenistas em atividade  no circuito mundial, como o brasileiro Marcelo Melo e Lukasz Kubot(POL), Bruno Soares e Mate Pavic(CRO) , Marcelo Demoliner atual 40 da lista, campeão do ATP de Córdoba na última semana ao lado de Matwe Middelkoop(NED). A parceria número 1 do mundo de 2019, Robert Farah e Juan Sebastian Cabal, confirmou a vinda na última hora.
 Like
O italiano Matteo Berrettini, 8o. Colocado no ranking mundial, não disputará mais o Rio Open. O tenista que estava confirmado para jogar a 7a. edição do maior torneio da América do Sul, que acontece de 15 a 23 de fevereiro no Jockey Club Brasileiro, desistiu da disputa com pubalgia."Fiz de tudo para me recuperar e estar pronto para jogar o Rio Open. Estava super animado para jogar e ir ao Rio com a minha avó brasileira, mas infelizmente ainda preciso de mais dias de recuperação. Desejo sucesso ao torneio e nos vemos no ano que vem," se desculpou o tenista."Ficamos chateados com a notícia, mas entendemos e sabemos que ele fez de tudo para se recuperar. Desejamos uma pronta recuperação ao Berrettini e esperamos ele aqui em 2020," disse o Diretor do Torneio, Luiz Carvalho.Com a desistência do italiano, o argentino Leonardo Mayer, que disputaria o qualifying entra na chave principal, que tem como principal destaque o número 4 do mundo e vice-campeão do Australian Open, o austríaco Dominic Thiem.
 1
Um dos espaços mais cobiçados do Rio Open apresentado pela Claro, a área VIP do torneio – Corcovado Club – terá nesta sétima edição uma nova fachada e uma ambientação realizada pela Lider Interiores. Com 75 anos de atuação, a empresa convidou Anna Beatriz Fadul e Gregory Copello, do escritório Fadul Copello, para assinarem o espaço com peças que destacam a influência do design brasileiro contemporâneo, como o Sofá Gomos e a Poltrona Lina. A dupla de arquitetas Ana Luiza Jardim e Tina Pessoa retorna para cuidar da ambientação da recepção e dos lounges dos patrocinadores do Corcovado Club, com peças como o Banco Botão – lançamento da Lider –, a Mesa de Centro Canguru e a Poltrona Abrachi. A fachada tem novamente a marca do Abel Gomes, da P&G Cenografia. “O Corcovado Club é uma área de relacionamento especial para os convidados. Nesta sétima edição contamos com um projeto lindo da Líder Interiores com um quarteto de arquitetos que embelezaram o espaço de forma aconchegante. A nova fachada vem mais sofisticada e também dará um novo ar para o ambiente, mostrando toda a sua importância para o torneio. Será inesquecível!”, afirma Marcia Casz, diretora geral do Rio Open. “Para nós, é importante estar em um evento esportivo com a dimensão do Rio Open. É uma ótima oportunidade de incentivar o esporte e de nos aproximar ainda mais do público e do mercado internacional. Somos design, mas não somos só design. A Lider está no jogo!”, afirma Tiago Nogueira, Diretor de Marketing da Lider Interiores. Os parceiros de bebidas do Rio Open, Salton e Bacardi, também marcam presença no espaço. Salton levará rótulos famosos da vinícola de Bento Gonçalves, como

Continue Reading

 2
A preocupação com a sustentabilidade sempre esteve presente no Rio Open apresentado pela Claro, maior evento de tênis da América do Sul e único da ATP no Brasil. E, para a sétima edição que começa no próximo dia 15, o Rio Open Green, plano de iniciativas verdes do torneio, chega para marcar um novo ciclo da competição. A organização estruturou iniciativas importantes e, com a ajuda de uma consultoria especializada, irá neutralizar os impactos ambientais gerados pelo evento. Além de aumentar a atuação social e conscientizar todos os envolvidos com o Rio Open sobre a responsabilidade de cada um para um futuro mais sustentável. “Esse é um movimento inédito e muito importante para o Rio Open. Desde a primeira edição que nos preocupamos com a questão sustentável e, agora, estruturamos no nosso Plano de Iniciativas Verdes para deixar ainda mais claro para o público e nossos parceiros todas as atividades que estamos preparando neste sentido”, afirma Marcia Casz, diretora geral do torneio. Em uma iniciativa da ENGIE, as emissões estimadas em cerca de 1.080 toneladas de CO2 do Rio Open, serão compensadas com créditos de carbono cedidos pela Usina Hidrelétrica Jirau – Sociedade de Propósito Específico que tem como acionistas a ENGIE (40%), Eletrobras Eletrosul (20%), Eletrobras Chesf (20%) e Mizha Participações S.A. (20%). Ao final do evento será feito o balanço final das emissões, chegando ao número efetivo da quantidade de CO2 a ser compensada. Incluindo todas as fontes relativas ao torneio em si, desde a montagem até a desmontagem, além de emissões com deslocamento de atletas e equipe técnica, bem como o consumo adicional da energia elétrica pelo Jockey Club Brasileiro durante o Rio Open. O Rio Open também irá

Continue Reading

 2
Se as quadras do Rio Open apresentado pela Claro recebem nomes consagrados do tênis mundial, grandes marcas da gastronomia se reúnem no Leblon Boulevard do maior torneio de tênis da América do Sul e único da ATP no Brasil. Famoso por toda estrutura, comparável à dos principais torneios do circuito mundial, neste ano o espaço interativo aumenta mais de 70% em relação a 2019, com uma cobertura total da sua área, oferecendo mais conforto para o público. Chef renomado, restaurantes premiados, bares e foodtrucks estarão no espaço, que contará com a estreia do restaurante Lasai e produtos específicos de marcas já consagradas no torneio, como Greenpeople e Las Empanadas. O Rio Open apresentado pela Claro acontece de 15 a 23 de fevereiro, no Jockey Club Brasileiro. Os ingressos estão à venda pelo site tudus.com.br/rioopen, com valores a partir de R$30. Top 100 do mundo e dono de uma estrela Michelin, o premiado Lasai traz pratos elaborados pelo chef Rafa Costa e Silva especialmente para sua estreia no Rio Open. O público poderá conferir um menu com salada de quinoa, sanduíche de peixe frito, porco assado lentamente e bolo de cacau morno, cada um combinando outros ingredientes frescos que são uma característica do restaurante. Além de vários combos de bebidas e comidas com preços atrativos. “Nossa expectativa em participar do Rio Open é enorme. Sempre queremos estar ao lado dos melhores e o Rio Open é o melhor e maior evento de tênis da América Latina. Faremos uma gastronomia que segue a nossa linha, cheia de sabor e com ingredientes locais e super frescos", afirma Rafa Costa e Silva, chef e proprietário do Lasai. Já a Greenpeople terá um produto de

Continue Reading

 2