Slider-pt

O Rio de Janeiro volta a ser o ponto de encontro dos grandes nomes do tênis mundial a partir de sábado, dia 15, com o início da sétima edição do Rio Open apresentado pela Claro. Com o número 4 do mundo confirmado e 11 jogadores entre os 50 melhores do mundo, o maior torneio de tênis da América do Sul e único da ATP no Brasil espera reunir 50 mil pessoas no Jockey Club Brasileiro, em um espaço que une ainda boa gastronomia, produtos exclusivos, exposição de arte e música de qualidade. “É muito gratificante acompanhar de perto o crescimento do Rio Open. A gente se inspira muito nos grandes torneios de tênis do mundo. O objetivo é trazer o que há de melhor para o público, sem perder nossa identidade, o nosso DNA. É o nosso “grand slam” brasileiro!”, comemora Marcia Casz, diretora geral do Rio Open. “Temos uma experiência incrível dentro e fora das quadras. É um evento”, finaliza. Abrindo o torneio, nos dias 15 e 16, acontece a disputa do Qualifying, com entrada gratuita. Já na segunda-feira, dia 17, tem início a chave principal, com a Grande Final acontecendo no dia 23. O torneio tem grandes nomes garantidos na chave, como o austríaco Dominic Thiem, o argentino Diego Schwartzman, o croata Borna Coric, o espanhol Fernando Verdasco, o brasileiro número um do país Thiago Monteiro e os convidados Felipe Meligeni e Carlos Alcaraz. Os ingressos podem ser adquiridos no site www.tudus.com.br/rioopen com preços a partir de R$ 30. O tênis é a atração principal, mas também há muitas outras opções de entretenimento, numa estrutura comparável à de grandes eventos do circuito mundial. O Rio Open conta com uma área interativa de aproximadamente 10

Continue Reading

 3
O italiano Matteo Berrettini, 8o. Colocado no ranking mundial, não disputará mais o Rio Open. O tenista que estava confirmado para jogar a 7a. edição do maior torneio da América do Sul, que acontece de 15 a 23 de fevereiro no Jockey Club Brasileiro, desistiu da disputa com pubalgia."Fiz de tudo para me recuperar e estar pronto para jogar o Rio Open. Estava super animado para jogar e ir ao Rio com a minha avó brasileira, mas infelizmente ainda preciso de mais dias de recuperação. Desejo sucesso ao torneio e nos vemos no ano que vem," se desculpou o tenista."Ficamos chateados com a notícia, mas entendemos e sabemos que ele fez de tudo para se recuperar. Desejamos uma pronta recuperação ao Berrettini e esperamos ele aqui em 2020," disse o Diretor do Torneio, Luiz Carvalho.Com a desistência do italiano, o argentino Leonardo Mayer, que disputaria o qualifying entra na chave principal, que tem como principal destaque o número 4 do mundo e vice-campeão do Australian Open, o austríaco Dominic Thiem.
 1
Dominic Thiem, atual vice-campeão de Roland Garros e campeão do Rio Open na edição de 2017, vai em busca do bicampeonato após uma grande temporada em 2019. Schwartzman, Cuevas e Djere, que também já conquistaram o título no Jockey, voltam ao Rio de Janeiro para brigarem pelo troféu. Outro retorno fica por conta do espanhol Verdasco, que foi o destaque do Rio Open 2018 após a conquista do vice-campeonato em simples e do título de duplas. Quem também estreará no torneio é o croata Borna Coric. O jovem de 23 anos foi um dos líderes da Croácia na conquista do título da Copa Davis em 2018, além de ter sido campeão em duas ocasiões na ATP. Nomes que fazem parte da história do Rio Open estarão presentes mais uma vez. Um finalista que estará no Rio Open é o argentino Guido Pella, que conquistou o vice-campeonato em 2016.Com doze jogadores entre os 50 melhores do mundo, o line-up também conta com destaques da nova geração. Casper Ruud e Nicolas Jarry, semifinalistas em edições passadas do Rio Open, lideram o grupo, que inclui o chileno Cristian Garin, o espanhol Alejandro Davidovich Fokina e o francês Corentin Moutet. Além dos 23 que têm entrada garantida pelo ranking, o jovem brasileiro Felipe Meligeni também já está garantido na chave principal após conquistar um convite na Maria Esther Bueno Cup, torneio NextGen entre tenistas brasileiros. A promessa espanhola Carlos Alcaraz, de apenas 16 anos, também ganhou convite para a chave principal. Ainda há sete posições a serem preenchidas: quatro pelo qualifying (realizado nos dias 15 e 16 de fevereiro), mais dois convidados e um special exempt (para tenistas que não puderem disputar o qualifying

Continue Reading

 11