O RIO OPEN 2023 JÁ TEM DATA PARA ACONTECER! Pode anotar no seu calendário, a nona edição será de 18 a 26 de fevereiro. Fique de olho que em breve traremos mais informações para você garantir seu lugar e viver essa grande emoção.
 9
Em fevereiro de 2022, o Rio Open proporcionou a jovens tenistas integrantes de projetos sociais a oportunidade única de competir nas quadras do Jockey Club Brasileiro e de viver todo o ambiente de um ATP 500 através do já tradicional Torneio Winners, realizado desde 2014. E para os meninos e meninas que venceram o Torneio Winners, as experiências inesquecíveis não acabaram em fevereiro, pois, como prêmio pela conquista, eles ganharam o direito de participar de uma clínica no Centro de Treinamento Kirmayr, clínica esta que foi realizada entre os dias 10 e 17 de julho. Durante o período no CT Kirmayr, que fica localizado em Serra Negra (SP) e é reconhecido como um dos mais bem estruturados da América Latina, Bernardo Félix Torres (12 anos), Lidiny de Santana Silva (13 anos), Arthur Luis Moraes Stys (13 anos), Valter Albuquerque (16 anos), Vitória Almeida (18 anos), e Rafael Henrique Feitosa de Moura (17 anos) realizaram treinos físicos e técnicos em dois turnos, assistiram a aulas teóricas e palestras sobre temas como regras, táticas e história do Tênis e participaram de um torneio interno, tudo isso sob os olhares do próprio Kirmayr. E fora das quadras, ainda sobrou tempo para curtir uma ótima música ao som da “Kirma’s Band” – formada pelo Kirmayr e outros treinadores do CT. “Receber os campeões do torneio Winners do Rio Open, na verdade, foi um prêmio para nós, para toda equipe do CT Kirmayr.  Jovens talentosos, determinados, habilidosos e de uma educacao excelente, que notoriamente são muito bem orientados, por suas famílias e pelos projetos sociais a que pertencem. Estão todos de parabéns,” disse Carlos Kirmayr.“Criamos vínculos com estes jovens, e eles sabem que as portas

Continue Reading

 Like
O Rio Open vai muito além de ser o palco de exibição dos melhores tenistas do mundo. Um exemplo neste sentido é o Torneio Winners, organizado desde a primeira edição do Rio Open, em 2014, e dedicado a meninos e meninas que frequentam projetos sociais. Mais do que oferecer aos jovens tenistas a oportunidade única de competir nas quadras do Jockey Club Brasileiro e de viver toda a atmosfera de um ATP 500, o Rio Open 2022 premiou os vencedores do Torneio Winners com um período de preparação, entre  hoje (11) e 17 de julho, no Centro de Treinamento Kirmayr,  localizado em Serra Negra (SP) e reconhecido como um dos mais bem estruturados da América Latina. Na ocasião, os atletas serão recebidos pelo próprio Kirmayr. “O Rio Open já nasceu com um grande engajamento social. Quando ainda preparávamos a primeira edição, definimos que iríamos estimular e iniciar crianças e adolescentes de locais periféricos na prática do tênis. Desde então, essa pauta é muito importante para o Rio Open. Poder contribuir para a formação esportiva e educacional desses meninos e meninas é concretização de um sonho. Levá-los para essa clínica é mais um passo no trabalho que realizamos diariamente com eles há 09 anos”, diz Marcia Casz, diretora geral do torneio. “Estamos muito felizes em receber os campeões do Winners, com integrantes dos projetos sociais apoiados pelo Rio Open. Aqui eles passarão uma semana de treinamento intensivo, são hóspedes na nossa casa e tem 11 quadras, e além de mim, mais 6 treinadores a sua disposição. Já nos conquistaram com a paixão pelo esporte e boa educacao, certamente que vamos nos dar muito bem”, comenta Kirmayr, que fez questão de recebê-los. Em 2022, o

Continue Reading

 Like
A edição de 2023 do Rio Open está ficando cada vez mais encorpada. Depois de confirmar que o atual campeão do evento e número 7 do ranking mundial, o espanhol Carlos Alcaraz, retornará ao Brasil para defender o seu título no próximo ano, chegou a vez de confirmar a presença dos apaixonados por tênis. Isso mesmo! A pré-venda de ingressos para o Rio Open 2023 já tem data e hora definidas: começa no dia 1 de julho, às 12h, e termina no dia 7 de julho, às 10h. As vendas serão feitas online através do site eventim.com.br/rioopen. O pagamento poderá ser realizado com cartões de crédito Visa, Mastercard, Amex, Elo e Diners com parcelamento em até 4 vezes sem juros. Não haverá cobrança de taxa de conveniência. Cada comprador poderá adquirir 4 ingressos por sessão. "Estamos preparando una grande edição do Rio Open com atrações dentro e fora das quadras. Nossa expectativa é superar o público de 60 mil pessoas da edição deste ano, atraindo turista de todo o Brasil",diz Marcia Casz, diretora geral do Rio Open O Rio Open chega à sua nona edição, de 18 a 26 de fevereiro, no Jockey Club Brasileiro (RJ),  apresentando em sua galeria de campeões nomes como Rafael Nadal, David Ferrer, Pablo Cuevas, Dominic Thiem, Diego Schwartzman, Laslo Djere e Cristian Garin, além do já citado Carlos Alcaraz. E não é só! Entre os tenistas que já estiveram no top 10 do ranking da ATP, o Rio Open também viu em ação Kei Nishikori, Jo-Wilfried Tsonga, John Isner, Marin Cilic, Gael Monfis e Fabio Fognini. Valores dos ingressos com preços especiais:                                                  SESSÃO NOITE  (R$)         SESSÃO DIA (R$)                                                LATERAL   FUNDO                 LATERAL  

Continue Reading

 1
Atual campeão do torneio, Carlos Alcaraz é o primeiro confirmado da nona edição do Rio Open. O jovem de 19 anos e grande sensação do circuito já está garantido no torneio carioca, que acontecerá entre os dias 18 a 26 de fevereiro no Jockey Club Brasileiro, no Rio de Janeiro. Número 7 do mundo, Alcaraz disputará a sua terceira edição do Rio Open. Em 2020, o espanhol fez a sua estreia quando figurava na 406ª colocação e era apontado como uma das futuras promessas do tênis. Foi no torneio carioca que o tenista disputou a sua primeira chave principal de ATP e também conquistou a sua primeira vitória em torneios ATP, derrotando o compatriota Albert Ramos-Vinolas, na época o 41º do mundo, em dois sets a um. Hoje, Alcaraz é o grande destaque da temporada. Após o seu título no Rio Open 2022, derrotando nomes como Matteo Berrettini, Fabio Fognini e Diego Schwartzman pelo caminho, o espanhol também foi campeão no ATP 500 de Barcelona e nos Masters 1000 de Miami e Madri, rendendo uma rápida ascensão no ranking e batendo o melhor ranking de sua carreira, na sexta posição. O espanhol vem fazendo história em 2022. Carlos é o tenista mais jovem desde 2005 a entrar no top 10 do ranking da ATP, assim como também é o mais jovem a vencer um ATP 500, marca batida no Rio de Janeiro. Em Madri, o atual campeão do Rio Open bateu o recorde de tenista mais jovem a derrotar Rafael Nadal e Novak Djokovic, além de ter sido o primeiro a superar os dois grandes nomes do tênis em um mesmo torneio de saibro. "O Alcaraz faz parte da história

Continue Reading

 1
Com título de Carlos Alcaraz, o maior torneio de tênis da América do Sul e único da ATP no Brasil contou com ação inédita de neutralização de emissões de Co2 geradas pelo deslocamento do público O Rio Open apresentado pela Claro reforçou sua importância para o calendário do tênis com grandes nomes do esporte em quadra, diversas atrações para o público fora dela e o incentivo para crianças e jovens de projetos sociais com o Rio Open Kids e o Torneio Winners. O espanhol Carlos Alacaraz foi o grande campeão neste domingo, dia 20, no Jockey Club Brasileiro, com o argentino Diego Schwartzman com o vice-campeonato. Nas duplas, os italianos Simone Bolelli e Fabio Fognini ficaram com o título, seguidos pelo escocês Jamie Murray e o brasileiro Bruno Soares. Fora das quadras, o maior torneio de tênis da América do Sul e único da ATP no Brasil reuniu 60 mil pessoas no Jockey Club Brasileiro. Quem não pôde estar presencialmente no evento, teve a opção de assistir pelo SporTV a mais de 60 horas de transmissão. O sinal da TV foi enviado para cerca de 170 países e o material produzido pelos 165 jornalistas credenciados levou todo o clima da competição para o mundo. “O público que esteve no Jockey viu como a nova geração do tênis brasileiro está voando nas quadras. A oitava edição do torneio marcou a volta do Rio Open e nos mostrou como fomos abraçados pelo Rio de Janeiro. O sucesso da vacinação nos permitiu fazer o torneio com toda segurança possível e receber novamente os fãs de tênis. Podemos comemorar o sucesso do evento que já faz parte do calendário da Cidade Maravilhosa. Cariocas e

Continue Reading

 1
Portadores de ingressos da sessão noturna de quinta-feira (17/02) que não compareceram à sessão 1 de sexta-feira (18/02) e portadores da sessão de sexta-feira (18/02) que não compareceram à sessão extraordinário de sábado (19/02) podem solicitar o reembolso do valor do ingresso enviando um email, a partir de segunda-feira (21/02), para [email protected] com o número do pedido do ticket.
 4
A oitava edição do Rio Open apresentado pela Claro foi palco de uma grande conquista no tênis, neste domingo, na quadra Guga Kuerten lotada no Jockey Club Brasileiro. O espanhol Carlos Alcaraz venceu o argentino Diego Schwartzman por 2 sets a 0, com parciais de 6/4 6/2, e aos 18 anos se tornou o mais jovem campeão de um ATP 500. O recorde pertencia ao italiano Jannik Sinner, que aos 19 anos venceu em Washington, no ano passado. O Rio Open é o maior torneio de tênis da América do Sul e é o único ATP do país. Com o título no Brasil, o segundo da sua carreira - o primeiro é o do ATP 250 de Umag 2021 -, Alcaraz vai alcançar o top 20 pela primeira vez. O espanhol chama atenção no circuito mundial desde muito jovem. O primeiro ponto no ranking veio aos 14 anos e 9 meses. Já a primeira vitória em um torneio nível ATP foi em sua estreia no Rio Open, em 2020, quando tinha 16 anos. Diante dessas conquistas, é inevitável a comparação com o compatriota Rafael Nadal, o maior vencedor de Grand Slams. "Meu objetivo agora é não sair mais do top 20, seguir subindo e essa conquista me dá motivação para isso. Tenho sonhos grandes, ser número 1, conquistar Grand Slams, medalhas olímpicas. As pessoas têm grandes expectativas em relação a mim. Mas tanto eu como minha equipe sabemos os sacrifícios que têm que ser feitos. Sei que estou no caminho no certo, se me manter assim terei oportunidades", disse Alcaraz, ,que pelo título recebeu a premiação de R$ 1.629.338. O troféu foi entregue pelo secretário especial de esporte do Ministério

Continue Reading

 2
Os italianos Fabio Fognini e Simone Bolelli venceram o brasileiro Bruno Soares e o britânico Jamie Murray, na noite desde domingo, por 2 sets a 1, com parciais de 7/5, 6/7 (2) e 10/6, e conquistaram o título do Rio Open apresentado pela Claro. O Rio Open faz parte do seleto grupo de 13 torneios denominados ATP 500 do calendário - apenas três são no saibro -, e é o único ATP do país. O título do Rio Open foi o quarto dos italianos no circuito, o primeiro de ATP 500. Eles já foram campeões do Australian Open, em 2015, Buenos Aires 2013 e Umag 2011. Em 2017, fizeram parceria no Rio Open e perderam na primeira rodada. A vitória sobre os brasileiros foi a terceira no circuito, todas neste ano - as outras foram no Australian Open e em Sydney. "Foi uma semana difícil, com muitos jogos, por isso estou muito feliz com esse título. Simone é como um irmão mais velho para mim. O torneio no Rio é lindo, gosto muito de vir, do Brasil", disse Fognini, que também foi vice-campeão de simples em 2015. Nesta edição, foi eliminado pelo campeão Carlos Alcaraz, na semifinal. Fognini repetiu o feito dos espanhóis Pablo Carreño Busta e Fernando Verdasco, que também foram vice em simples - 2017 e 2018, respectivamente - e conquistaram título nas duplas. Carreño Busta, com o uruguaio Pablo Cuevas em 2017, e Verdasco com o espanhol David Marrero, em 2018. Já Cuevas tem um título de simples (2016) e um de duplas (2017). Os italianos fizeram dois jogos neste domingo por causa da chuva que caiu na quinta e na sexta. Eles venceram na semifinal o

Continue Reading

 2
Os italianos Fabio Fognini e Simone Bolelli venceram o mexicano Santiago Gonzalez e o argentino Andres Molteni, neste domingo, por 2 sets a 0, com parciais de 7/6 (4) e 6/2, e estão na final de duplas do Rio Open apresentado pelo Claro. Os italianos enfrentarão o brasileiro Bruno Soares e o britânico Jamie Murray, ainda neste domingo, após a decisão de simples entre o espanhol Carlos Alcaraz e o argentino Diego Schwartzman. A semifinal também foi agendada para este domingo porque choveu na quinta-feira e alguns jogos foram adiados. Fognini também jogou simples e disputou duas partidas na sexta, sendo eliminado na semi por Alcaraz. Os italianos têm retrospecto favorável contra Bruno e Murray. Foram duas vitórias neste ano, no Australian Open e Sydney. É a segunda vez que eles jogam juntos no Rio - perderam na primeira rodada em 2017. Fognini e Bolelli têm três títulos juntos, sendo o mais importante o Australian Open de 2015. Molteni e Gonzalez, eliminados pelos italianos, estavam embalados por dois títulos nas últimas semanas – Buenos Aires e Córdoba. Já Bruno tem três títulos de Grand Slam nas duplas – US Open 2020, Australian Open e US Open 2016, estes dois últimos com Murray. Esta é a terceira vez que ele joga no Rio com o britânico, e a primeira vez que alcança a final. Juntos conquistaram 12 títulos no total, e Bruno tem 35 em toda a carreira. A final do Rio Open será a 23ª da dupla. Eles retomaram a parceria no ano passado e já ganharam dois troféus – St. Petersburgo e Melbourne, além de serem vice no US Open. O Brasil teve representantes na final de duplas em

Continue Reading

 Like